Os 8 Maiores erros que impedem seu site de vender online

2 Dicas Objetivas Para Atrair Mais Clientes Através da Internet
agosto 3, 2015
7 Dicas para Escolher um Nome Vendedor Para o Seu Site
agosto 3, 2015
Exibir tudo

Quem tem um site, seja ele um site institucional ou um ecommerce, vive na expectativa que esse meio de comunicação tão importante gere boas oportunidades de negócio e faça assim, com que o faturamento e a estrutura da empresa cresça.

Se você já tem um site ou um ecommerce, eu digo para você que você fez um excelente investimento, pois a internet é uma verdadeira máquina de gerar oportunidades, seja para o pequeno ou micro empresário, seja para grandes empresas.

Mas em muitos casos, a empresa investe na construção de uma plataforma online e os resultados não chegam. E isso gera uma grande frustração e prejuízo para a empresa, expectativa totalmente contrária a construída na hora contratar o serviço.

Mas eu quero te dizer que a culpa não é sua. Isso ocorre por um ou mais erros muito comuns na maioria dos sites brasileiros, e a grande maioria desses erros são cometidos por falta de conhecimento.

E se você quer melhorar a performance obtida pela sua empresa através da internet, esse artigo foi feito exatamente para você.

Eu vou te mostrar, quais são os 8 principais erros  que são cometidos e as consequências desses erros que impedem os sites de vender mais

Erro 01: Estrutura do site

Estrutura do site é toda a parte de programação do site. É como se fosse a engrenagem que faz ele funcionar. E incluo aqui em estrutura também, a hospedagem.

Existe um padrão de estrutura estabelecido por normas do W3C, que é o orgão responsável pela padronização dos websites. É como se fosse o INMETRO da internet. Mas alguns programadores e webdesigners não seguem esse padrão, geralmente por serem amadores e não conhecerem tal norma.

Mas o Google leva em conta esse padrão na hora de comparar os sites e considerar qual é o melhor para definir quem merece suas posições de destaque.

E a falta desse padrão interfere também na experiência do usuário no site. Vivemos num mundo cada vez mais acelerado e dinâmico, e as pessoas não tem paciência para esperar um site que demora muito tempo para carregar.

Veja aqui abaixo o exemplo do site de um dos nossos clientes que constatamos alguns erros estruturais que afetava diretamente na velocidade em que o site carregava.

analise-gtmetrix

Agora repare que depois de corrigido as principais falhas de estrutura, como o site melhora a qualificação diante da ferramenta, e também a velocidade de acesso.

gt-metrixperformanceatualizada

Erro 02: Falta de Otimização para Busca Orgânica

Outro grande fator que pesa muito na hora de identificar o porque um site não vende, é a falta de otimização para as buscas orgânicas.

Busca orgânica é toda a pesquisa no Google, Yahoo, Bing, e outros sites de pesquisas, em que o resultado é natural, ou seja, quando não se paga para posicionar o site. Veja um exemplo de busca orgânica abaixo:

busca-organica-advogado-ponta-grossa

Existe uma série de ações que devem ser feitar para que o trabalho desses buscadores sejam facilitados na hora de identificar qual é o conteúdo que o seu site apresenta. Os principais fatores são: palavras chave no título, link e primeiro parágrafo, qualidade e originalidade no conteúdo, e uma boa estrutura como mencionado acima.

E se o seu conteúdo não estiver de acordo com esses fatores, seu site não vai conseguir ficar em posições favoráveis nesses mecanismos e vai acabar ou apelando para os links patrocinados ou ficar jogado as moscas.

Erro 03: Público Alvo Errado

erros-que-impedem-seu-site-de-vender

Esse erro ocorre tanto na busca orgânica, quanto nos anúncios patrocinados.

Na busca orgânica é mais raro, mais ocorre quando o conteúdo é construído com palavras chave erradas. Por exemplo, novamente citando o caso de um dos meus clientes, ele vende equipamentos para área comercial, e na hora de cadastrar uma máquina para padaria no site, foi cadastrado com o nome técnico do produto, mas quem pesquisava por aquele nome técnico eram outras empresas concorrentes dele, querendo fornecedores para comprar esse produto, e não donos de padaria que queriam comprar a máquina para equipar a sua empresa.

Resultado desse erro: as pessoas que acessavam o site jamais comprariam esse produto. E as que realmente estavam interessadas, estavam comprando do concorrente que colocou as palavras chave corretamente.

Existem algumas ferramentas que ajudam a identificar quais são essas palavras chave, vou fazer um artigo falando sobre elas em um outro momento.

No caso dos anúncios patrocinados esse erro é bastante comum também. Vou citar o exemplo de um hotel fazenda aqui do interior do Paraná que fiz uma análise. Ele estava pagando para anunciar com a palavra chave hotel fazenda Rio de Janeiro e pousada rio de janeiro.

Pense comigo, se uma pessoa esta buscando no Google por hotel ou pousada no Rio de Janeiro, e ele encontra um anúncio de uma pousada no Paraná, ele pode até clicar e entrar no site, mas no momento em que ele perceber que essa pousada não é no Rio de Janeiro ele vai sair do site imediatamente, porque não é aquilo que ele procura.

Então esse dono da pousada ou quem faz os anúncios para ele, está apenas gastando dinheiro e não está trazendo um retorno sobre esse investimento no anúncio. Desperdício né?

Erro 04: Depender Apenas de Tráfego Pago

Esse erro, é o que eu chamo de financiamento da falência. E daqui a pouco eu explico porque. Mas antes quero falar que não há nada de errado em investir em tráfego pago, muito pelo contrário, é um excelente meio de se gerar resultado de maneira rápida.

E quando eu falo em tráfego pago, eu estou falando sobre campanhas no Google Adwords, no Facebook Ads,Youtube Ads, e de outras maneiras em que você paga para alguma plataforma exibir o anúncio do seu site.

O problema é que muitas empresas não tem uma estratégia para otimizar os seus sites para busca orgânica, e dependem exclusivamente disso. E quem compra tráfego pago sabe que a cada mês o custo por um clique aumenta, tem produtos e serviços que hoje, cada clique custa mais de 10 reais. E nem todo mundo que clica no anúncio vai necessariamente comprar. Então, o custo por aquisição de um cliente de fato acaba ficando muito alto, diminuindo a margem de lucro, e em alguns casos a empresa acaba até tendo prejuízo para fazer uma venda.

Erro 05: Falta de Objetividade no Site

Talvez você esteja enfretando esse problema e nem sabe. Talvez seu site está otimizado para os mecanismos de buscas, você está bem posicionado nas suas palavras chave, recebe muitas visitas, faz as campanhas com anúncios de maneira correta, mais continua sem conseguir fazer vendas através dele.

E em 90% das vezes quando você tem todas essas qualidades e seu site não vende, é porque seu site não é objetivo. Quando eu falo em ser objetivo, falo em ter um site que, quando seu cliente entra, o caminho até ele concretizar a compra, ou o pedido de orçamento, ou a solicitação para uma reunião de negócios tem que ser a mais curta possível.

Corrigir esse erro faz uma grande diferença, veja algumas mudanças que você pode fazer:

  • Criação de chamadas para ação (calls to action);
  • Inserir formulários na primeira página para os clientes preencherem;
  • Oferecer recompensas em troca do email para gerar vendas futuras;
  • Inserir botão de compra rápida caso o seu site seja um ecommerce;
  • Inserir um campo de contato bem visível se o seu site é de prestação de serviços.

Erro 06: Layout Amador

Esse problema é bem parecido com o problema anterior, mas que um pouco pior. Explico porque:

Quando trabalhamos com internet, ainda sofremos com o problema da insegurança dos clientes. E provavelmente sempre vamos ter essa objeção. Então o que você precisa fazer é gerar a confiança necessária para aquele potencial cliente que acessa o site, tenha a confiança que o seu site e principalmente que você é uma pessoa profissional, que vai entregar exatamente aquilo que está prometendo.

Só que quando a pessoa entra no site, a primeira impressão que ela vai ter, é observando o layout do seu site. E vocês sabem que a primeira impressão geralmente é a que fica.

Para solucionar esse problema geralmente é necessário fazer um site novo com um design profissional. Esqueça o sobrinho e invista no futuro da sua empresa.

Erro 07: Métricas da Vaidade

E erro número 07 é um erro que é atribuido diretamente ao empresário ou a pessoa responsável pelas mídias da empresa.

A maioria das abordagens que profissionais de marketing recebem é para que esses profissionais consigam aumentar o número de curtidas na fã page do facebook, ou de seguidores no twitter, o número de visitas no site, de visualizações do seu canal do youtube, e por aí vai.

Só que isso não vende. Não adianta nada você ter 10 mil curtidas na sua página no facebook, 5 mil inscritos no canal do Youtube, 12 mil seguidores no twitter, e 22 mil acessos diários no seu site, se essas pessoas que estão nessa network, não são pessoas interessadas em comprar.

Isso gera apenas número de vaidade, não gera resultado quase nenhum e você apenas perde o seu tempo e dinheiro atrás desses números.

Erro 08: Falta de Originalidade

A falta de originalidade,  ou o famoso CTRL C + CRTL V, gera uma série de outros erros, principalmente o mau posicionamento do Google e nos demais buscadores.

Isso porque o Google entende que quando aquele conteúdo é inserido no seu site, e é exatamente igual ao do seu concorrente, é porque o conteúdo dele que foi inserido primeiro é o original, e o seu é cópia. Logo, ele vai melhorar o posicionamento do seu concorrente, e te colocar lá embaixo na pontuação de conteúdo que ele atribui ao seu site. E acreditem, se você quer ter bons resultados e vender mais através da busca orgânica, você precisa investir em conteúdo original. Isso faz uma enorme diferença na hora do Google olhar para o seu site.

Concluindo

Relembrando os 8 principais erros que você deve evitar:

  1. Estrutura do Site que prejudicam o tempo de carregamento do site e a experiência do usuário;
  2. Falta de Otimização para Os Mecanismos de Busca que faz seu site ficar esquecido pelo Google;
  3. Erro ao Segmentar o Público Alvo que leva pessoas erradas para visitar seu site;
  4. Depender Apenas de Tráfego Pago que acaba ocasionando em muitas empresas o que eu chamo de financiamento da falência;
  5. Falta de Objetividade deixando o visitante perdido dentro do site;
  6. Layout Amador que não transmite segurança;
  7. Métricas da Vaidade que gera apenas números irrelevantes que não vão te gerar vendas;
  8. Falta de Originalidade que acaba gerando ainda mais audiência para a sua concorrência e te colocando lá no final da fila.

Quer  que eu faça uma análise do seu site e verifique se você comete algum desses erros? Clique aqui e veja como eu posso te ajudar.

Wagner Monteiro
Wagner Monteiro
Wagner é Consultor Especialista em Vendas Online e Co-fundador da Agência Oceano. Sua missão é ajudar pequenas e médias empresas a aumentar o seu faturamento e rentabilidade utilizando a internet como ferramenta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *