Como usar o Google para fazer sua empresa vender mais

Como definir a persona ideal para o seu negócio
agosto 3, 2015
[ESTUDO DE CASO] Como nós geramos 1134 pedidos de orçamento em 12 meses para um cliente no ramo de casamentos.
outubro 25, 2016
Exibir tudo

Você quer que suas vendas aumentem? Gostaria de olhar seus relatórios no final de cada mês e ver um número significativo de novos negócios acontecendo? Eu tenho certeza que sim. Então leia este artigo até o final que eu vou te mostrar como usar o Google para fazer sua empresa vender mais.

Hoje, com o avanço da tecnologia e da publicidade, existem várias formas de divulgar a sua empresa, e você talvez já tenha até tentado algumas delas, como  por exemplo panfletos, propagandas em jornais rádios e canais de tv, e até mesmo a construção de um site ou uma página no Facebook para a sua empresa.

O problema é que muitas empresas investem nesses meios de comunicação mas não tem uma estratégia definida e nem uma sequência de resultados perceptíveis, e acabam desistindo ou reduzindo os investimentos com medo de perder dinheiro.

Mas, e se eu te falar que o Google pode ajudar sua empresa a vender mais? Ou melhor, e se eu te mostrar a diferença entre empresas que usam o Google e que já estão obtendo resultados através dele, e outras que ainda não usam. Você gostaria de saber?

Então é isso que eu vou te mostrar agora.

Entendendo o novo comportamento do Consumidor

Pare um pouco e tente imaginar como era sua vida a 10 anos atrás. O que você fazia quando queria comprar algo?

Eu por exemplo ia até a loja e ouvia as explicações dos vendedores, e, aquele que me apresentasse a melhor opção, ou o que me convencia melhor, fazia a venda. Você fazia esse mesmo procedimento?

Hoje, quando vou comprar algo, qual a primeira coisa que faço? Pesquisar no Google. E porque esse processo mudou?

Os principais motivos dessa mudança são:

  • Nossa falta de tempo, ou a intenção de economizar tempo para coisas mais importantes;
  • A acessibilidade de poder saber de todas as coisas antes mesmo de sair de casa;
  • A ideia de estarmos no comando dos negócios que vamos fazer (sim, eu gosto de ter o poder de decisão das minhas compras e tenho certeza que você também);
  • E também a certeza de que não seremos “enganados” por um vendedor bom de papo.

Com isso, hoje quando você vai até um lugar para efetuar a compra, você já está 95% decidido do que você quer comprar, e o vendedor, antes peça chave numa negociação, hoje tem “apenas” o trabalho de fechar a venda do produto que você já escolheu anteriormente.

Com isso, empresas que investiram em sua presença online, principalmente com sites otimizados para o Google, estão aumentando suas vendas de maneira constante, e o Google, em conjunto com o seu site, esta se tornando o seu melhor vendedor.

Busca Orgânica vs Links Patrocinados

Mas como fazer para que o Google seja seu melhor vendedor? Como você pode usufruir dessa poderosa ferramenta?

Antes de entendermos essas perguntas, vamos entender dois conceitos: Posicionamento Orgânico e Links Patrocinados.

Posicionamento Orgânico: É quando uma empresa está posicionada nas buscas do Google de maneira gratuita, ou seja, sem precisar investir dinheiro para estar ali. Existem uma série de fatores que vamos ver mais adiante que fazem seu site estar melhor ou pior posicionado.

Links Patrocinados: É uma maneira de você “pular na frente” da sua concorrência. Você paga uma certa quantia ao Google e ele te coloca em uma posição de destaque na busca.

Quando você faz uma pesquisa no Google, os 3 primeiros resultados do lado esquerdo e os 8 resultados do lado direito são referentes aos links patrocinados, ou seja, a pessoas que investiram no Google para ficar em destaque.

Os demais resultados do lado esquerdo são referentes a busca orgânica. Veja imagem abaixo para entender um pouco melhor.

busca-organica-vs-links-patrocinados

Posicionamento Orgânico ou Links Patrocinados: Qual o melhor?

Agora você deve estar pensando: Bom, se os links patrocinados ficam em primeiro é lógico que é melhor investir para ficar em destaque. Certo?

E a resposta é: Não!

Seria errado de minha parte dizer que existe uma estratégia melhor ou pior.

Segundo pesquisas, 73% das pessoas preferem clicar em resultados da busca orgânica porque acreditam que o resultado é mais confiável.

Então é melhor investir em posicionamento?

Não de novo.

O ideal é você mesclar e investir nas duas estratégias, e existem três bons motivos pra você fazer isso:

Primeiro porque um trabalho de posicionamento em busca orgânica demora um tempo para gerar resultado e melhorar o posicionamento.

Segundo porque quando você investe nas duas estratégia você alcança os dois públicos, e, consequentemente, terá um resultado maior.

E por último, o valor de um click em links patrocinados é determinado pela concorrência da palavra chave em questão. Então a tendência com o crescimento cada vez maior desse mercado, é os custos ficarem mais caros, diminuindo sua margem de lucro quando a venda é realizada por esse meio.

Vamos aos Fatos

Agora, você pode estar se perguntando, tá Wagner, mas isso funciona mesmo? Quem tem um site e está bem posicionado tem resultados?

Excelente pergunta por sinal, então vamos aos fatos.

Deixa eu continuar usando o exemplo das imobiliárias. Vou mostrar aqui dois exemplos, uma de uma empresa que está bem posicionado na busca orgânica e outra que não aparece nos resultados de pesquisa.

As duas empresas são:

Estilo Imobiliário que não está bem posicionada na busca orgânica e a segunda é a Habitec que está bem posicionado para termos como imobiliárias curitiba, imóveis em curitiba e seus derivados.

 

Vamos analisar primeiro a empresa que não está bem posicionada.

estiloimobiliario-organico

Repare no gráfico a esquerda que o máximo de tráfego orgânico que a Estilo Imobiliário recebeu foi pouco mais de 200 visitantes no mês de Julho de 2013 e atualmente recebe cerca de 138 visitantes por mês.

Outra coisa que notamos nesse site é que ela possui apenas 8 palavras-chave que levam visitantes ao site, e todas elas são relacionados a Imobiliária 2000 que é uma empresa parceira.

Mas as palavras chaves que são interessantes como Imobiliárias em Curitiba, Imóveis em Curitiba, Apartamentos a venda em curitiba, etc, não existe nenhuma palavra-chave que leve o público para o seu site.

Veja no estudo abaixo algumas das potenciais palavras chave que essa empresa poderia receber acessos:

potenciais-palavras-chvae

Estamos falando aqui de palavras que juntas somam mais de 100 mil buscas todo mês. Imaginou se essa empresa tivesse a capacidade de receber apenas 1% dessas buscas mensais? Seriam mais de 1.000 visitantes todo mês, ou seja, estamos falando em multiplicar por 10x as oportunidades de negócio da empresa geradas através da busca orgânica.

O outro lado da moeda

Agora, vamos analisar a Habitec, uma empresa com palavras importantes bem posicionadas:

habitec

 

Esse site possui várias palavras-chave interessantes para o seu ramo de negócio bem posicionadas e isso gera um tráfego mensal médio de 12.300 pessoas, ou seja, 8913% mais visitantes do que a empresa anterior simplesmente por estar com as palavras chaves corretas.

Pra melhor entendimento sobre tráfego mensal no site, imagine se essas pessoas fossem visitar as imobiliárias de maneira físicas, enquanto a Estilo Imobiliário receberia 138 visitantes nesse mês, a Habitec estaria recebendo 12.300 pessoas.

Qual das duas geraria mais negócios?

Imaginou 12.300 novos potenciais clientes todo mês na sua empresa? Quantas oportunidades de negócios você estaria aproveitando?

Como o google funciona?

Agora que você já entendeu a importância de se fazer um trabalho online voltado para o Google, eu quero te explicar de maneira bem básica como o Google funciona.

A missão do Google, definida por eles mesmo é

“Organizar as informações do mundo e torná-las mundialmente acessíveis e úteis”.

E eles fazem isso através de vários robôs que passam de site em site e analisam o conteúdo contido em cada site, separando-os por palavras-chave.

De maneira bem simplista, se o robô do Google passa pelo seu site e encontra lá o site com o nome: Imobiliária do José, logo ele vai colocá-lo na caixinha de buscas das pessoas que procurarem pela palavra-chave: Imobiliária do José.

E é aí que muitas empresas erram e acabam se frustrando quando constroem um site e ele não gera oportunidades de negócios. Apenas quem já conhece a Imobiliária do José irá procurar por este termo.

Quando você vai pesquisar por uma imobiliária você digita Imobiliária em Curitiba por exemplo ou então por Imóveis em Curitiba, Apartamento em Curitiba, etc.

Essa é uma simples mudança que já pode fazer uma enorme mudança em seu posicionamento.

Existem mais alguns fatores técnicos que influenciam no posicionamento de cada site, vou citar aqui abaixo mas não iremos entrar em detalhes sobre cada um, caso você queira saber mais sobre esses fatores, preparei uma palestra pra te explicar melhor e vou deixar o link no final do artigo.

Os principais fatores para ter um bom posicionamento no Google são:

  • Palavras-Chave Corretas: Não adianta você construir seu site para palavras que não geram oportunidades de negócios.
  • Experiência do Usuário: Se o seu site recebe 5.000 visitas por mês, mas essas pessoas apenas entram no seu site e, por não terem uma boa experiência, logo saem, o Google vai entender que o seu site não é relevante para aquele público. Agora, se você tem 5.000 visitas e as pessoas navegam em várias páginas, ou passam bastante tempo dentro dele, significa que seu site é relevante, e você ganha “créditos” com o mecanismo de pesquisa.
  • Fator Social: A gigante das buscas está cada vez mais de olho no fator social da sua empresa. Quanto mais compartilhamentos, curtidas, twitadas, Pins, +1, e interações sociais seu site receber, mais sua empresa será valorizada pelo Google. Falando nisso, já curtiu esse artigo ali no topo da página?
  • Referências ou Backlinks: Quanto mais os outros sites adicionarem links relevantes com relação a sua empresa, mais sua empresa é valorizada também.
  • Conteúdo de Qualidade: Conteúdo está diretamente ligado a experiência do usuário. Costumamos dizer que em estratégia de marketing digital conteúdo é rei. Quanto melhor for seu conteúdo, mais relevância seu site terá.
  • Performance do site: Quanto mais rápido seu site for, melhor a experiência que as pessoas terão nele e, logo, melhor será a sua experiência.

Você deve ter percebido que a maioria dos fatores são direcionados a fazer com que quem busca no Google tenha uma boa experiência, e encontre o melhor resultado possível.

Existem muitos outros fatores que também influenciam nessa busca, mas nem todos são conhecidos por nós, afinal, esses algorítmos são a mina de ouro do Google e eles guardam a 7 chaves. Mas, se você começar a implementar essas dicas hoje mesmo, você já vai sair na frente de 74% dos seus concorrentes.

A tendência é que as empresas fiquem cada vez mais atentas ao peso que ter uma boa presença online está influenciando diretamente nas vendas, então quanto antes você começar a implementar, mais na frente você vai largar.

Análise de Presença Online

 

A propósito, nós podemos ajudar sua empresa a identificar porque você não consegue vender utilizando a Internet, através da nossa Análise Gratuita de Presença Online. Se você quer contar com a nossa ajuda para vender mais, basta você clicar no link e fazer seu cadastro.

Nessa análise nós iremos fazer uma verdadeira auditoria no seu site e em seus canais online e identificar todos os pontos que precisam ser melhorados e os que precisam ser melhor explorados para que você comece a ter resultados expressivos no seu negócio. Então clique no link, faça seu cadastro e nossa equipe vai entrar em contato com você para realizar a sua análise totalmente gratuita.

Não tem pegadinha, nós acreditamos que a melhor maneira de captar novos clientes é entregando um primeiro resultado antes. Essa é a nossa forma de gerar valor para você e para a sua empresa e quem sabe dar início a uma parceria duradoura e satisfatória para ambos. 🙂

Gostou do conteúdo? Deixe seu comentário abaixo.

 

Wagner Monteiro
Wagner Monteiro
Wagner é Consultor Especialista em Vendas Online e Co-fundador da Agência Oceano. Sua missão é ajudar pequenas e médias empresas a aumentar o seu faturamento e rentabilidade utilizando a internet como ferramenta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *